Boletim - Fevereiro 2007

Boletim informativo AUG

Oi, gente! Mais uma vez o boletim sai aos 45 do segundo tempo por pura falta de tempo! ufa!!
E quem lembrou que esse mês era mais curto? :-)

O Carnaval passou e agora é que o ano começa pra valer. Estamos esperando uma melhora nas adoções e quem sabe menos abandono a partir dessa época porque essa época das mamães e ninhadas é fogo!
Acreditam que desde dezembro que não paramos de receber mamães e bebês? Lembram no último boletim que achávamos que a temporada de filhotinhos estava pra acabar? Que nada! Esse mês veio mais um monte e o pior é que muitos vieram sem mãe. Só quem já criou nenezinho na mamadeira sabe o que eu vou contar agora!

Olha a situação desses nenes! :-(
Nem preciso dizer muito né? Eles não comem sozinhos, romam mamadeira, estão desnutridos, fraquinhos e pra completar estão resfriadinhos e cheios de fungos. São 2 amarelinhos, um petibanco e um branquinho.

 

Esse petibanco eu chamo de Maluco porque ele tá todo emaranhado, todo sujo, com pêlo faltando, mas o danadinho tem uma força de viver que dá gosto! E quando chega a hora de mamar ele manda bala até não aguentar mais e sai barrigudão!

 




Essa turma também chegou assim. Tínhamos que dar papinha na boca, forçar a comida pq chega uma hora que eles estão tão desnutridos e sentem tanto a falta da mãe que simplesmente desistem de viver. Juro, de uma hora pra outra eles se recusam a comer e mesmo que você force eles cospem e aí vão definhando, definhando... o nenezinho mais fraquinho da ninhada morreu no dia que chegou aqui.

 


 


Mas nem todos nossos nenês são estrupiados não viu? Temos também uns exemplares de lindeza! :-)
Olha esses que gatinhos de calendário!

 


Esse mês começamos uma nova empreitada: ajudar os gatinhos que uma protetora retira de uma aldeia indígena no Jaraguá.
O relato dela pra nós está no nosso blog (www.adoteumgatinho.org.br/blog.htm) e é de arrepiar! Não vou reproduzir aqui porque é grande, mas pra resumir são centenas de cães e gatos famintos, magérrimos, procriando sem controle. Nenéns nascendo e morrendo no mesmo dia sufocados em buracos, cadelas e gatas explodindo de grávidas e nenhuma ajuda...
Aceitamos ajudar um caso específico mas nos comovemos com a situação e agora estamos envolvidas nesse trabalho.

 

O caso que começou tudo isso foi desses 2 gatos, já adultos e em uma situação deplorável.
O preto e branco que chamamos de Cacique não tem mais dentes. Estava podre, super doente, um intestino molenga... era uma gelatina de gato, super esquisito. O outro branquinho, que chamamos de Cocar foi um susto, pele e osso e as feridas do câncer nas orelhas. O estranho é que além de tomados de pulgas e marrons de tanta terra eles chegam todos esfolados - ou o nariz tá esfolado, ou a boca ou as patas...não sei o que acontece nessa aldeia.

 

Hoje o Cacique já está legal, se recuperou e vai ter alta esses dias. Já o Cocar, depois de tratarmos da saúde dele, esperamos ele estar 100% e essa semana fizemos a cirurgia de retirada de orelhas pra impedir que o câncer se espalhe.


 

Nessa mesma leva recebemos um bebê que chamamos de indiozinho. Com ele a mesma coisa, pele e osso e barrigão de vermes, pulgas comendo ele vivo mas por sorte com boa saúde. Se recuperou rapidinho.
Olha que fofo ele quando chegou e apenas 20 dias depois!

 

Também veio uma siamesa linda, grávidíssima. Na semana seguinte ela teve 3 lindos bebês!






Tão conseguindo contar todos os bebês? hihihihihihi

Mas chega de bebês e mamães e vamos para os adultos.
Apresento para vocês o Lost. Ele foi encontrado por uma amiga minha vagando na praia da Enseada, no Guarujá. Por sorte ela reparou que ele estava mancando e o resgatou. Uma mobilização pelo Orkut conseguiu uma carona e ele veio pra cá e depois da consulta veterinária ficou resolvido que ele precisava de uma cirurgia na cabeça do fêmur.
Apesar da cirrugia ter corrido bem, de ele ter tomado antibióticos, ter sido cuidado pessoalmente por mim no pós operatório, a cirurgia infeccionou e precisou drenar. Quando a vet espetou a agulha, jorrava pus e a ferida abriu de vez. Agora é curativo todo dia e esperar ele ficar bom!

 




Esse mês tbm tivemos problemas lá na nossa sede, onde estão os resgatinhos.
Quatro dos nossos resgatinhos antigos adoeceram e precisaram de internação. Infelizmente um deles não sobreviveu e nos deixou com uma tristeza muito grande, pq só depois que ele morreu é que eu e a Susan nos demos conta de que nós nem sequer tínhamos um nome pra ele... Ele era arisco sabe? Aqueles gatinhos bravos que fazem fuu e não se deixam pegar, nem se aproximar e já saem correndo. Ele veio junto com os outros gatos da antiga casa dos resgatinhos e como ele é parecido com o Billy. Nós o chamavámos de Billy 2 na hora de contar os gatos ou de fazer lista de quem tinha tomado remédio...

 

Dá muito dó quando esses gatinhos não resistem porque a vida deles não foi fácil, sabe? Nunca tiveram carinho, não foram adotados, não tiveram liberdade, grama verdinha e sol quente ou um belo sofá pra tirar uma soneca e ser acariciado... eles vem e vão e a gente só pode dar ração e a segurança de um lugar pra se abrigar. Mas isso não é vida, ele merecem mais....

 

Esse tigradinho é o Billy 2 com o amigo dele, o Negão. Os dois chegaram com uma diarréia forte e sem apetite, o Negão respondeu ao tratamento e já está de alta.


 

Esse aqui é o tigrão, que também já se recuperou e vai ter alta essa semana.

 

E olha aí a dona Joana de novo. Já é a terceira vez que ela emagrece do nada, fica magriiinha, aí a gente interna, ela fica boa, volta pro abrigo e depois de um tempo ela piora de novo.
A Susan acha que é de tristeza porque ela detesta morar lá. Ela gosta de ser sozinha e de ter liberdade. Sabe quantos anos faz que cuidamos da Joana? Quatro anos! Desde que resgatamos os gatos da Solange. Alguem aí se lembra disso, é dessa época?
E até hoje não encontramos uma pessoa que quisesse adotar a Jô.

 


A Ice foi operada esta semana! Vocês devem se lembrar dela num dos boletins. É aquela gatinha que nasceu com o buraquinho da vagina e do ânus praticamente juntos. Ela estava ficando doente com frequência porque as fezes em contato com a vagina toda hora acabava em infecção. A última foi na bexiga, tadinha... Tomava antibiótico, sarava e logo ficava doente de novo.

 

Numa dessas indas e vindas ao laboratório para exames, nossa vet conversou com um super cirurgião que disse que era possível corrigir o problema dela e que ela passaria a ser uma gatinha normal, com as "coisas" separadas. Pois ela foi operada e se recupera muito bem. E quer saber o melhor? Já está reservada junto com a irmã. Logo que tiver alta vai pra casa nova. Obrigada pela torcida!

 

 


E tem mais coisa boa pra contar! Em fevereiro doamos 37 gatinhos. Sim, mais que um por dia!
Além disso, castramos mais de 50 gatinhos! Graças a ajuda de todos vocês!!
Pudemos castrar os nossos para adoção e também ajudar protetoras que sabemos que são bem necessitadas e que dão o sangue para salvar os gatinhos da rua.
São 50 gatinhos a menos tendo cria. São ninhadas e ninhadas poupadas de sofrimento, de abandono, de frio, doenças e fome.

 

Muito obrigada a todos vocês que acompanham e fazem parte do nosso trabalho. Sim, porque sozinhas a gente não faria nem um quarto disso. É um trabalho de equipe!
Se não fosse as doações, um pouquinho de cada um, quase todos esses gatinhos ainda estariam nas ruas ou talvez já tivessem ido para o céu.

 

Para continuarmos com este trabalho, a gente fica com vergonha mas tem que pedir. Então, gente, aceitamos doações de ração, areia, remédios, anti-pulgas, caminhas, tudo o que servir para os gatinhos.

 

Quem achar complicado trazer pra gente, pode comprar pela internet. Nossa parceria com o site Petsupermarket tem funcionado super bem. Eles recebem os pedidos e nos entregam tudo direitinho. Nunca falhou! O link para quem quiser comprar é http://www.rumo.com.br/sistema/Custom.asp?IDLoja=663&arq=adoteumgatinho.htm&1ST=1&Y=8696119020634
No campo telefone, preencham xxxx-xxxx, ok?

Há outras formas de colaborar com a gente também. Sempre temos alguma rifa bacana no ar: www.adoteumgatinho.org.br/rifas.htm
E tem nossa lojinha, com diversos produtos de gatinhos! www.adoteumgatinho.org.br/lojinha

A ajuda tb pode ser em dinheiro. Ele é utilizado para pagar as castrações, outras cirurgias, internações, compra de vacinas, etc.

 

A conta dos gatinhos é:
Itau 0341
Agencia 0150
C/C 64797-2

E quem quiser conhecer os gatinhos ou fazer uma nova visita é só dar um toque! O convite está aberto, venham passar uma tarde com os gatinhos, dar patê, brincar com eles. Eles não têm dono, mas têm muitos fãs! E energia positiva sempre faz bem!!! :)

Um beijo grande em todos vocês em nosso nome e dos resgatinhos e até o próximo boletim!
Esperamos ter muitas notícias boas para contar.
Ju e Susan

www.adoteumgatinho.org.br

Voltar